Café controverso

Home/Café controverso

Alzheimer X Demência: desafios no cuidado

A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que, até 2030, aproximadamente 82 milhões de pessoas no mundo sofrerão de demência, síndrome em que há deterioração da memória, do comportamento e da capacidade de realizar atividades cotidianas. Atualmente, cerca de 50 milhões de cidadãos têm a doença, que atinge entre 5% e 8% da população com mais de 60 anos, segundo a OMS. Para discutir os desafios no cuidado com essas pessoas, especialistas e público se reúnem no próximo sábado, 30 de junho, no Café Controverso: Saúde em Pauta, a partir das 11h, no Espaço do Conhecimento UFMG. O projeto é uma parceria entre o Instituto Unimed-BH e o museu que compartilha informações sobre temas atuais de grande interesse dos pacientes e seus familiares na atenção à saúde. A entrada é franca.

A demência é um termo abrangente para várias doenças que afetam a memória e outras habilidades cognitivas. A doença de Alzheimer é a forma mais comum, contribuindo para 60% dos casos, conforme dados da OMS. O diagnóstico precoce auxilia na melhoria da qualidade de vida das pessoas com demência e de seus familiares. “Alguns sinais indicam a necessidade de consultar um especialista, como perda de memória percebida somente pelos familiares e não pela própria pessoa. Outro indicativo pode ser a ocorrência desses esquecimentos em situações incomuns, por exemplo. Além disso, outras funções cognitivas também podem ser afetadas, como a capacidade de cálculo e julgamento, a habilidade para executar tarefas do dia a dia e o comportamento, com o desenvolvimento de alguns hábitos. Isso torna as pessoas cada vez mais dependentes”, explica um dos participantes do evento, o geriatra da Unimed-BH, professor associado da Faculdade de Medicina (UFMG) e pós-doutor em Educação Médica, Flavio Chaimowicz.

Embora a idade seja o fator de risco mais conhecido para a demência, ela não é uma consequência inevitável do envelhecimento. De acordo com o outro debatedor do encontro, o geriatra, doutor pela UFMG e coordenador do laboratório de Qualidade de Vida e Cognição da Universidade Federal de Ouro Preto, Fausto Aloísio Pedrosa Pimenta, alguns comportamentos podem reduzir o risco de desenvolvimento da doença. “Existem marcadores biológicos que antecedem os sintomas, e exames genéticos contribuem para o diagnóstico. Paralelamente, é preciso ficar atento a fatores de risco modificáveis, como sedentarismo, má alimentação, tabagismo, diabetes e obesidade. Nunca é tarde para mudar de vida e se preparar para um envelhecimento saudável”, afirma.

O debate entre eles será mediado por Leonardo Cruz de Souza, professor adjunto da Faculdade de Medicina da UFMG e neurologista da Unimed-BH especializado em Distúrbios Cognitivos. Não é necessário fazer inscrição prévia.

Café Controverso
A proposta do Café Controverso, lançado em 2012, é discutir temas atuais a partir de múltiplas perspectivas, dando oportunidade para os seus pontos de encontro e contradições. O projeto, idealizado pelo Espaço do Conhecimento UFMG, promove encontros mensais e, nessa trajetória de cinco anos, vem propiciando o compartilhamento de informações das mais diversas áreas do conhecimento, de dentro e fora da Universidade.

Em 2017, foi desenvolvida a série especial Saúde em Pauta, resultado da parceria do Espaço do Conhecimento UFMG com o Instituto Unimed-BH, que tem como objetivo compartilhar e debater com o público geral temas atuais sobre saúde e qualidade de vida.

Instituto Unimed-BH
Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH foi criado em 2003 com a missão de conduzir o programa de Responsabilidade Social Cooperativista da Unimed-BH. Os projetos desenvolvidos têm foco em cinco diretrizes: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura.

Convidados: Flavio Chaimowicz (geriatra da Unimed-BH, professor associado da Faculdade de Medicina da UFMG e pós-doutor em Educação Médica) e Fausto Pimenta (geriatra, doutor pela UFMG e coordenador do Laboratório de Qualidade de Vida e Cognição da Universidade Federal de Ouro Preto)
Data: 30 de junho de 2018
Horário: 10h
Onde: Cafeteria do Espaço do Conhecimento UFMG